Dicas ideais para vender na Black Friday

A Black Friday é uma das datas que mexem mais com o mercado, principalmente no mundo digital. Esta é a altura ideal para as marcas divulgarem as suas campanhas, ganhar novos clientes e vender ainda mais. Mas, como vender na Black Friday? Leia as dicas abaixo!

Dicas para vender na Black Friday

1 – Descontos fraudulentos: nem pensar!

A Black Friday deve ser aproveitada para passar credibilidade aos consumidores, em vez do contrário. Muitas empresas prejudicam a sua própria imagem, ao lançar falsos descontos. Esta atitude deu à Black Friday a alcunha de “Black Fraude”. As pessoas hoje em dia estão muito atentas aos preços. Por isso, se quer vender na Black Friday, prepare uma campanha transparente, sem pôr em causa a sua reputação.

2 – Prepare a equipa

Reúna a equipa responsável pela Black Friday e pensem em todos os detalhes, para que tudo corra bem. Lembre-se também que toda a empresa deve estar ao corrente, não só a equipa que participou na reunião. Por exemplo, a equipa da produção deve preparar o armazém e a logística, a equipa das lojas físicas terá de preparar as vitrines e a apresentação do estabelecimento, a equipa do e-commerce deve tratar da loja virtual, etc.

3 – Escolha os produtos e os descontos

Nessa reunião, determinem os produtos ou serviços que estarão sujeitos a desconto e qual a percentagem aplicada. Analise quais serão os mais atractivos para o público e inclua-os nos descontos.

Portanto, fale com os fornecedores e trabalhe em conjunto com eles, para que todos saiam a ganhar. Com mais vendas, poderá conseguir negociar os preços com eles. Assim, poderá posteriormente analisar a margem de lucro, na qual todos os factores devem ser tidos em conta, como o custo do produto, embalagem, logística, etc.

Além disso, esta altura é uma boa oportunidade para vender os produtos que estão parados em stock.

4 – Prepare o seu website

Mesmo antes de preparar a Black Friday para as lojas físicas, comece por preparar a loja online. Porquê? As primeiras pesquisas acontecem na web, por isso, destaque a sua empresa e mostre o que está a oferecer nesta época.

Coloque um banner atractivo na página inicial, pode até alterar as cores do seu website, para condizer com a data, entre muito mais.

Aproveite para verificar se o site está a funcionar a 100%, ou seja, se as condições de pagamento estão claras, se os links funcionam, se as imagens carregam correctamente, etc.

Com o fluxo de usuários na Black Friday, fique atento ao seu site, para que não fique sobrecarregado devido ao excesso de visitas. Se o website não aguentar, contacte a empresa de hospedagem e certifique-se de o que seu plano pode aumentar esse fluxo de visitantes.

5 – Pense no mobile

Se os usuários de mobile já são muitos durante o ano todo, imagine na Black Friday. As pessoas já quase não ligam o computador de propósito para aceder à internet; fazem-no através dos seus smartphones. Verifique que o seu site é compatível com dispositivos móveis e se funciona correctamente. Se ignorar o mobile, dificilmente vai vender mais na Black Friday.

6 – Atenção aos meios de pagamento

Ofereça aos seus usuários o máximo de meios de pagamento possíveis: multibanco, cartão de crédito, PayPal… Faça testes de pagamento, para verificar se tudo funciona bem. Além disso, certifique-se de que as transacções sejam concluídas com segurança. Vejamos isso no ponto 7.

7 – Mostre que o seu site é seguro

Aqui a dica para vender mais na Black Friday é demonstrar a segurança do seu website, com o certificado SSL (Secure Socket Layer). O SSL cria um canal criptografado, garantindo que os dados transmitidos são sigilosos e seguros. O seu símbolo, o cadeado dourado, é reconhecido por milhões de consumidores.

8 – Use o gatilho da escassez

Normalmente, quando as pessoas são levadas a tomar uma decisão dentro de um determinado período de tempo, elas decidem com mais rapidez. Assim, adicione um contador regressivo no seu site, com a contagem para o final das ofertas da Black Friday, ou seja, o contador reforça a ideia de que a oferta está disponível apenas por aquele período. Esta técnica motiva os seus clientes a não procrastinar e a comprar na sua loja.

Pode colocar os contadores na homepage, nas landing pages, nas páginas de vendas e até mesmo nos seus emails.

9 – Use o Email Marketing

Envie por email as suas ofertas para esta altura. No entanto, atenção às taxas de entrega das suas campanhas de Email Marketing.

  • Verifique a sua base de dados: muitos contactos podem já nem aceder mais à conta de email presente na sua base de dados. Isto vai baixar a reputação do seu remetente.
  • Atenção para não sair na caixa de spam. Leias as nossas dicas a respeito deste problema.
  • Crie um layout apelativo. Pode, por exemplo, colocar cores relacionadas com a Black Friday, como o preto, bem como cores quentes, como o vermelho, amarelo e laranja.
  • No seu email, coloque os produtos em desconto que agradem mais aos seus consumidores. Para isso, segmente as suas bases de dados, de modo a mandar emails ao mais personalizados possível.
  • Acompanhe as compras não concluídas no site e envie um email com o produto que foi abandonado no carrinho, com a sua descrição. Isto pode ser decisivo para o cliente retomar a compra. Aproveite para sugerir produtos similares.

10 – Use também o SMS Marketing

 As taxas de entrega e abertura dos SMS são muito altas, por isso, aproveite este canal para vender mais na Black Friday! Envie promoções e até mesmo vantagens exclusivas, por exemplo, com um código promocional.

11 – Use as redes sociais

As redes sociais são fortes canais para mostrar ao seu público os artigos em desconto na Black Friday. Redireccione os posts para uma landing page no seu site, use imagens apelativas, faça vídeos promocionais, ofereça promoções e descontos exclusivos, crie coupons para resgatar na loja… E não se esqueça de anunciar (Facebook Ads, por exemplo), para chegar a um público ainda mais e assim vender mais na Black Friday.

Uma boa ideia é também criar concursos e sorteios, para incitar o entusiasmo das pessoas.

12 – Cuidado com o stock e logística

Se não houver um planeamento de stock e logística, vai tudo por água abaixo. Se quer vender mais na Black Friday, não basta preparar somente a estratégia de Marketing; deve, obrigatoriamente, preparar o stock e a logística para a grande procura, estimar os prazos de entrega correctos aos clientes, evitar perdas de stock, entre muito mais. Se os prodtos chegarem às mãos dos consumidores em bom estado e dentro do tempo certo, reforçará a credibilidade da marca e evitará reclamações desnecessárias.

13 – Não espere pela Black Friday

Pode começar as suas promoções antes do própria dia. Fique à frente da sua concorrência, oferecendo descontos durante a semana toda ou até antes. Isso vai chamar a atenção das pessoas, que por consequência vão visitar a sua loja mais vezes durante a semana e, principalmente, na sexta-feira.

14 – Não se esqueça do pós-venda

A Black Friday é a oportunidade ideal para ganhar novos clientes. Por isso, aproveite para os fidelizar! Por exemplo, envie um email marketing agradecendo pela compra e pedindo feedback.

Além disso, a equipa de suporte deve estar preparada para retirar dúvidas, ajudar os clientes com algum problema entre muito mais. Lembre-se de que o cliente deve ter o melhor atendimento possível, pois assim aumentam as probabilidades de voltar a comprar à sua marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *